Tornozelo inchado: conheça as causas e o que fazer

Adicionar aos favoritos
10 janeiro, 2019 Por Priscilla Riscarolli

Sentir o tornozelo inchado não é bom. Esse é um sinal de que o seu corpo está com algum desequilíbrio, seja por retenção de líquidos, um machucado ou algum outro problema de saúde. Veja quais são as principais causas e como prevenir com as atitudes do dia a dia.

 

Causas do tornozelo inchado

causas do tornozelo inchado
Crédito: Freepik

Nem sempre o tornozelo inchado vai ficar assim por causa de uma doença ou disfunção em algum sistema do corpo. Algumas vezes ocorre por ações do dia a dia. Veja alguns exemplos:

1. Ficar horas na mesma posição

Permanecer muito tempo sentado ou de pé deixa o tornozelo inchado, além das pernas e pés. Se você trabalha por longas horas na mesma posição, é essencial que faça uma pausa a cada hora para alongar todo o corpo.

2. Período da TPM

O tornozelo inchado é uma reação comum também em mulheres com TPM e que pode ser aliviada com a prática de atividade física e a ingestão de líquidos, pois melhora a circulação sanguínea e elimina as toxinas.

3. Gestação

Toda gestante sabe que quando chega na metade ou no final da gestação, os pés e tornozelos viram pães, pois a retenção de líquidos é grande. Se for o seu caso, saiba que é uma reação normal, mas mesmo assim avise seu obstetra.

4. Uso de corticoides

Alguns tipos de medicamentos, como os que contêm corticoides, incham o corpo porque estimulam muito a retenção de líquido. Nesse caso o médico deverá ser avisado.

5. Torção

Se está percebendo um tipo de inchaço no tornozelo acompanhado de dor e hematomas, tente se lembrar se não torceu o pé ou levou uma pancada recente nessa região. Se a dor não reduzir com compressa de gelo, evite ficar caminhando e vá ao médico para ver se não tem alguma lesão interna.

6. Má circulação

Perceber um inchaço anormal nos pés e tornozelos pode significar algum problema na sua circulação sanguínea. Vá ao angiologista ou ao cardiologista para conferir como está a sua saúde vascular.

7. Problema nos rins ou no fígado

O tornozelo inchado pode ser um sintoma mais discreto de problema nos rins ou no fígado. Quando o problema é nos rins, o inchaço acontece porque os líquidos que estão sobrando no corpo não estão sendo eliminados na frequência que deveriam. Quando o problema é no fígado, ocorre por causa da redução de albumina, uma proteína importante para a circulação.

O que fazer para tratar tornozelo inchado

como tratar tornozelo inchado
Crédito: Freepik

O tratamento para reduzir ou eliminar o inchaço do tornozelo vai depender de qual é a causa do problema. Há tratamentos caseiros, mas em alguns casos precisa consultar o médico. O inchaço do tornozelo pode ser apenas um sintoma de um problema maior.

De modo geral, veja os cuidados que pode ter no dia a dia, tanto para prevenir quanto para tratar o tornozelo inchado.

1. Beba muita água

Beba entre 1,5 e 2 litros de água diariamente para eliminar toxinas, reduzir o inchaço e melhorar a textura da pele do rosto e corpo, que vai estar mais hidratada.

2. Não fume

O cigarro prejudica a circulação sanguínea, pois reduz a quantidade de oxigênio que circula pelo organismo. O melhor é abandonar o cigarro para evitar ter tornozelo inchado e vários outros problemas sérios de saúde.

3. Controle o consumo de bebida alcoólica

O álcool é um dos grandes responsáveis pela retenção de líquidos, pois resseca o organismo ao invés de hidratar, como a água de coco, a água mineral e os sucos de frutas frescas. Deixe para consumir álcool em ocasiões específicas e em quantidades moderadas.

4. Tome chás

Chá de dente-de-leão, chá verde, salsaparrilha e chapéu de couro são alguns dos tipos de chás que estimulam o sistema linfático. Faça uso das bebidas junto de uma alimentação saudável.

5. Evite salto alto

A maioria das mulheres gosta de um salto alto, mas esse tipo de sapato contribui com o surgimento de varizes e celulite, além de prejudicar a circulação sanguínea nos membros inferiores.

6. Faça drenagem linfática

Se, depois de uma avaliação na esteticista, você tiver recomendação para fazer drenagem linfática, esse tipo de tratamento uma ou duas vezes por semana ajuda a acabar com a retenção de líquidos.

7. Controle o café

Consumir café em excesso prejudica a saúde, pois é muito estimulante. Já consumir até três xícaras de café diariamente pode funcionar como termogênico e ajudar a queimar gordura. Sendo assim, observe como o seu corpo reage ao café e consuma a quantidade adequada.

8. Cuidado com os alimentos ricos em sódio

O sal provoca retenção de líquidos e pode inflamar as células. Não é apenas o sal de cozinha que tem esse efeito, mas também praticamente todos os produtos industrializados, basta conter sódio na composição. Você certamente consome muito mais sal do que imagina.

9. Descanse com as pernas levemente erguidas

Relaxar é fundamental para o bom funcionamento do corpo, porque quando você está muito estressado, o organismo libera cortisol e insulina, fazendo disparar os níveis de glicose. Depois de um dia cansativo, coloque roupas confortáveis e deite-se ou sente no sofá com as pernas erguidas, apoiadas em cobertas, travesseiros ou uma cadeira.

10. Faça caminhadas

Para melhorar a circulação e prevenir a retenção de líquidos, deixe o carro em casa e caminhe, use as escadas e não o elevador. Mantenha suas pernas em movimento, dos pés ao quadril ao mesmo tempo.

11. Alimente-se de forma saudável

Prefira uma alimentação saudável, evitando o consumo de açúcar, gorduras saturadas, frituras e sal, pois todos esses compostos provocam retenção de líquidos e acúmulo de gordura. Vá ao nutricionista para saber como é uma alimentação balanceada, com todos os grupos de alimentos.

12. Use roupas confortáveis

Roupas muito justas ou de tecido pouco maleável prejudicam a circulação sanguínea e aumentam ainda mais o tornozelo inchaço.


Anuncie