Escola profissionalizante clandestina é fechada pelo Procon de Campina; veja vídeo

Adicionar aos favoritos
04 fevereiro, 2019 Por Redação

Sem autorização do Ministério da Educação (MEC) e com cláusulas contratuais abusivas, uma escola profissionalizante foi interditada pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de Campina Grande (Procon-CG) na manhã desta segunda-feira (04) na Praça da Bandeira, no Centro de Campina Grande.

56 estudantes denunciaram a escola, que não poderá funcionar até ressarcir o investimento pago pelos alunos. Na peça apresentada pelos alunos, eles alegam descumprimento de contrato e denunciam as condições precárias que a instituição de ensino opera, com relação aos esquipamentos e laboratórios.

Pela determinação do Procon-CG, a escola deverá ressarcir o investimento dos estudantes bem como o cancelamento dos contratos sem cobrança de multa para os estudantes matriculados.

Blog do Márcio Rangel tentou entrar em contato com o Instituto de Formação Profissional (IFP), mas as ligações não foram atendidas.

 

Da Redação com Joab Freire

Escrito por

Redação